Portugueses em destaque no Mundial de Enduro em Valpaços

Decorreu no passado fim de semana o Grande Prémio de Portugal do Mundial de Enduro. Valpaços foi o cenário para uma prova espetacular e muito elogiada, em que Diogo Ventura foi o melhor português e onde Brad Freeman finalmente conseguiu derrotar Steve Holcombe.

andardemoto.pt @ 7-5-2019 12:16:17

Após dois dias muito intensos e que proporcionaram um excelente espetáculo ao muito público que se deslocou a Valpaços para assistir ao Grande Prémio de Portugal do Mundial de Enduro, o pelotão de pilotos portugueses fechou a prova em bom plano e com Diogo Ventura a cotar-se como o melhor luso.

O piloto de Góis aos comandos de uma Honda CRF300X foi 8º nos dois dias do GP de Portugal na classe E2, a mais competitiva do campeonato, sendo assim o 16º classificado na classificação Geral que foi conquistada por Brad Freeman, com o britânico a derrotar o seu compatriota Steve Holcombe, ambos em Beta.

Por categorias, em E1 Brad Freeman foi o melhor, em E2 foi Alex Salvini (Honda) que levou a melhor e conquista a segunda vitória, enquanto Steve Holcombe foi o melhor na classe E3.

Diogo Ventura foi assim o melhor piloto luso em prova, pois Luis Oliveira (KTM) foi forçado a desistir devido a uma queda logo no primeiro dia de prova que aconteceu no sábado.


Para além dos dois portugueses que referimos em EnduroGP, a prova portuguesa do Mundial de Enduro contou ainda com a presença de mais cinco pilotos portugueses.

Na classe Open 2T, Gonçalo Reis (Gas Gas) voltou a vencer a categoria depois de também ter sido o melhor no Grande Prémio da Alemanha. Gonçalo Reis bateu o compatriota João Lourenço (Beta). Já na classe Open 4T, Rodrigo Belchior (KTM) terminou o GP de Portugal com um 4º e um 5º lugar nos dois dias de prova, com Joana Gonçalves a fechar o evento com um 7º lugar, e Fernando Ferreira (Sherco) a ser segundo atrás de David Knight (TM) na categoria reservada aos pilotos veteranos.

Já na categoria Youth 125, para os mais jovens pilotos, o português Tomás Clemente (Husqvarna) melhorou no segundo dia de prova e fechou o Grande Prémio de Portugal com um décimo lugar.

Com os olhos postos já na próxima ronda do Mundial de Enduro, que acontece em Santiago de Compostela, os pilotos e organização deste mundial não deixaram de elogiar a organização da prova portuguesa. O Moto Clube Usprigozus, de Vilarandelo, pela voz de Fernando Reis, mostra-se muito satisfeito pelos resultados e elogios recebidos na organização do Grande Prémio de Portugal em Valpaços: “Foi um sucesso. Tempo esteve espetacular, pilotos cumpriram os seus objetivos e a organização está bastante satisfeita. O público esteve presente em larga escala, mais do que estávamos à espera, pelo que superou as nossas expectativas”, refere Fernando Reis, ao fazer uma análise final a esta prova que é já definida pela FIM como uma das melhores provas do mundial.

andardemoto.pt @ 7-5-2019 12:16:17