KTM não nega uma troca entre Zarco e Miguel Oliveira

Stefan Pierer e a cúpula dirigente da KTM não estão satisfeitos com as prestações e reações de Johann Zarco. O “big boss” da marca austríaca já fala inclusivamente que pode existir uma troca de pilotos e Miguel Oliveira assumir um lugar na equipa Red Bull KTM Factory!

andardemoto.pt @ 10-5-2019 23:33:32

Johann Zarco e Miguel Oliveira. Neste início de temporada de MotoGP não poderiam existir dois pilotos que gerem reações tão antagónicas dentro da sua equipa. Enquanto o piloto francês, experiente e cotado como um dos bons talentos de MotoGP, não consegue acertar o passo com a KTM RC16, Miguel Oliveira, pelo contrário, tem revelado uma excelente adaptação à moto austríaca neste seu ano de estreia na categoria rainha.

Com quatro Grandes Prémios realizados até ao momento, Zarco e Oliveira estão empatados em pontos no campeonato. E depois do que aconteceu em Jerez, com o francês a criticar duramente a performance da KTM, críticas que foram captadas em video, a situação de Zarco dentro da KTM ficou ainda mais díficil... e isso pode ser benéfico para Miguel Oliveira!

De acordo com Stefan Pierer, o CEO da KTM, que mais uma vez voltou a falar de Johann Zarco em entrevista ao portal germânico Speedweek, “Estou muito contente com o recém chegado Miguel Oliveira, que tem sido rápido com a KTM desde que chegou ao MotoGP. Por isso renovámos desde já o contrato com ele. O Johann está a ser uma grande deceção. Realmente dói imenso, porque o contratámos para que ele e o Pol se ajudem um ao outro. O Pol Espargaró está sozinho. E o Zarco tem um problema, pois está a ser ultrapassado por um novato (o Miguel). Digo-o claramente: faremos tudo o que estiver nas nossas mãos para o levar até ao topo. Fizemos material de acordo com o que o Zarco pediu. Se tudo isto não funcionar, então vamos ter de nos sentar e conversar no final da temporada”, afirma Pierer, dando a entender que o lugar de Zarco na Red Bull KTM Factory não está seguro.


Mas Stefan Pierer, o responsável máximo da KTM, não esconde também que a sua marca vai ter de trabalhar mais para melhorar a RC16.

De acordo com o CEO da KTM, a equipa já identificou as áreas em que terão de se focar com mais atenção: o peso, pois a RC16 terá de perder cerca de 5 kg. E a eletrónica, um dos fatores que a KTM tem tidp dificuldades em ajustar.

Quanto ao quadro em treliça, uma solução que em MotoGP apenas é usada pela KTM, Stefan Pierer garante que continuará a ser uma aposta, tal como será o motor V4. Pierer faz questão de notar que, apesar de pilotos como Fabio Quartararo estar a ter uma estreia em grande em MotoGP, onde já logrou uma “pole position” precisamente em Jerez, e de isso se dever ao motor quatro em linha usado pela Yamaha que é mais fácil de explorar, a KTM vai continuar a desenvolver o seu V4.


A KTM Racing vê esta arquitetura de motor como a melhor para competir em MotoGP, e dá o exemplo de outras equipas que, não tendo as motos mais fáceis de afinar e de serem  pilotadas, como são os casos da Honda e Ducati, e até certo ponto a Aprilia, são no entanto as motos que estão a vencer de forma mais regular no caso da Honda e da Ducati que também usam V4.

Será que veremos Miguel Oliveira a dar o salto da Red Bull KTM Tech3 e assumir um papel ainda mais preponderante dentro da estrutura da KTM, ao ocupar um lugar na Red Bull KTM Factory?

Recordamos que Miguel Oliveira renovou recentemente o contrato que o liga à KTM por mais uma temporada. Supostamente, o piloto português iria ficar mais uma temporada na Tech3, mas tendo em conta as palavras de Stefan Pierer, já nada é impossível, e o sonho de vermos o piloto luso numa equipa de fábrica está mais perto do que nunca!

andardemoto.pt @ 10-5-2019 23:33:32