SBK Portimão – Jonathan Rea intocável vence Corrida 1 sem contestação

Piloto norte-irlandês da Kawasaki Racing Team somou a sua oitava vitória consecutiva no Autódromo Internacional do Algarve. Jonathan Rea tem agora o título muito mais perto, depois de Alvaro Bautista ter visto a sua corrida comprometida logo na primeira curva.

andardemoto.pt @ 7-9-2019 14:50:33

Apesar de toda a vantagem que detém na classificação do Mundial Superbike, o norte-irlandês Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team) mostrou desde o primeiro momento aqui no Autódromo Internacional do Algarve que não pretende gerir essa vantagem.

Depois de assegurar mais uma Superpole, Rea arrancou decidido a dominar por completo a Corrida 1 da categoria Superbike. O piloto da Kawasaki arrancou na perfeição, chegou à primeira curva em primeiro, e nunca mais deixou que os rivais sequer tentassem uma ultrapassagem que colocasse em causa o seu domínio.

Sempre com um ritmo muito forte, Jonathan Rea fez três voltas iniciais fantásticas, e foi mesmo na segunda volta que conseguiu a volta mais rápida da Corrida 1. Com um ritmo tão forte, naturalmente Rea e a sua Kawasaki rapidamente conquistaram uma vantagem confortável para os perseguidores.


No final das 20 voltas o líder e tetracampeão em título somaram a nona vitória da temporada, com Rea a conseguir mesmo alargar o seu registo de invencibilidade no circuito algarvio para oito vitórias nas últimas oito corridas de Superbike aqui disputadas!

Quanto ao seu maior adversário, Alvaro Bautista (Aruba.it Ducati) viu-se envolvido numa escaramuça com o seu companheiro de equipa Chaz Davies logo na primeira curva. Sem espaço para passar, Bautista teve de fazer uma manobra evasiva, saiu de pista, e quando regressou estava quase em último.

A partir daí o espanhol tentou perder o mínimo de pontos para Jonathan Rea. Com um ritmo impressionante, e ainda que com alguns erros enquanto tentava ultrapassar pilotos mais lentos, Alvaro Bautista foi subindo de posições, e no final da corrida cruzou a meta num muito merecido quarto lugar.


Ainda assim o espanhol vê a diferença para Jonathan Rea subir para 93 pontos. O piloto da Kawasaki tem, cada vez mais, o caminho livre para conquistar um inédito quinto título consecutivo de campeão de Superbike.

Os restantes lugares do pódio ficaram para Chaz Davies (2º) e Michael van der Mark (4º). Estes dois desenvencilharam-se de Tom Sykes (BMW Motorrad SBK), que viria a cair momentos depois, e ficaram envolvidos os dois numa intensa batalha até final. Davies mostrou-se mais consistente, e conseguiu mesmo bater Van der Mark.

Os pilotos do Mundial Superbike estarão novamente em pista no domingo para a realização da Superpole Race, de apenas 10 voltas, a partir das 11h00.

andardemoto.pt @ 7-9-2019 14:50:33