Nova versão R da KTM 790 Duke promete elevar a adrenalina!

Fabricante austríaco está a trabalhar numa nova Duke R, mas os últimos rumores apontam para que esta versão espigada da “fun bike” de Mattighofen apresenta novos argumentos fruto da cilindrada 890 cc.

andardemoto.pt @ 21-3-2019 17:02:39

KTM 790 Duke em ação

KTM 790 Duke em ação

A KTM 790 Duke revelou-se uma moto que tem tanto de simples como de endiabrada quando a tivemos para analisar aqui no Andar de Moto – clique aqui para ler o nosso teste -, e o seu motor bicilíndrico de 799 cc não deixará ninguém indiferente à sua performance. Mas como habitualmente acontece com a marca sediada em Mattighofen, a versão base da 790 Duke tem de ser acompanhada por uma versão R.

Essa versão R da 790 R tem sido apanhada em “fotos espia” em testes de desenvolvimento em Espanha, e inclusivamente nos últimos meses de 2018 a moto de desenvolvimento apareceu nas fotografias tão bem acabada (faltava apenas a cor laranja), que muitos fãs pensaram que a KTM iria lançar esta nova Duke R em 2019.

No entanto, a marca laranja nada disse ou mostrou sobre este projeto, e de momento ainda não existe confirmação da chegada da R.

Mas nos últimos dia surgiu um rumor vindo do outro lado do Atlântico, nomeadamente do website americano Asphalt&Rubber, de que a KTM estará a preparar-se para surpreender com o lançamento da nova Duke R. A grande novidade, e será por essa razão que a moto ainda não foi apresentada, é que a cilindrada do motor bicilíndrico irá subir para os 890 cc, criando assim um fosso de performance entre a versão base e aquela que, de acordo com os rumores, se chamará 890 Duke R.


O modo Supermoto é uma das melhores formas de explorar a 790 Duke!

O modo Supermoto é uma das melhores formas de explorar a 790 Duke!

Se esta situação se verificar, isso significa que a KTM, liderada pelo carismático Stefan Pierer, pretende ir à luta contra rivais como a Triumph Street Triple 765 ou a nova Ducati Hypermotard 950, motos que passam claramente a barreira dos 100 cv, enquanto o motor bicilíndrico da 790 Duke fica-se por uma potência ligeiramente acima dos 100 cv. Para aumentar a cilindrada do motor a usar na Duke R, a KTM irá aumentar o diâmetros dos pistões e também o curso que percorrem, atingindo assim os 890 cc. Em resultado desta modificação, é de esperar que a potência atinja os 110 cv ou até mesmo os 115 cv, entrando assim na luta pela corôa do segmento “fun bikes” ou “hooligans” com argumentos reforçados e à altura das suas rivais.

As modificações na futura Duke R não se ficam apenas pelo motor mais “espigado”! A KTM irá ainda modificar, ou melhor, melhorar os elementos que fazem parte da ciclística desta moto que a própria marca define como “um bisturi”, tal a perfeição com que define trajetórias, atacando as curvas com total confiança. Nesse sentido as suspensões WP vão ganhar maior rigidez em termos de afinação base, através da instalação de molas mais rijas, permitindo também que o condutor ajuste as suas afinações de uma forma mais detalhada ao nível da compressão, extensão e précarga quando comparado com o que acontece com a 790 Duke.

Ao nível da eletrónica pensamos que a KTM não irá criar um “pack” eletrónico demasiado diferenciado em relação à 790 Duke. Provavelmente a 890 Duke R terá parâmetros de intervenção diferenciados ao nível do controlo de tração e outras ajudas à condução, o mesmo acontecendo com os modos de condução, em especial o modo Supermoto, que permite ao condutor levar esta “fun bike” laranja aos seus limites!

Com o aproximar do meio do ano 2019 a KTM deverá libertar algumas informações sobre a Duke R. Será que se mantém com o motor 790 ou irá mesmo passar para um novo motor de 890 cc?

Fique atento ao Andar de Moto para saber tudo sobre esta novidade da KTM!

andardemoto.pt @ 21-3-2019 17:02:39