Norton Superlight SS – Uma supersport em carbono e com 172 cv

Marca britânica anunciou que vai produzir 50 unidades de uma versão exótica da Superlight. Denominada de Superlight SS, esta supersport conta com um motor bicilíndrico e um compressor, para além de muita fibra de carbono.

andardemoto.pt @ 28-11-2019 13:32:03

O mercado as duas rodas tem-se revelado bastante apelativo para os fabricantes que aposta em modelos mais exóticos.

A MV Agusta tem sabido aproveitar isso ao máximo com o lançamento de modelos de produção limitada como a F3XX Reparto Corse ou a Dragster RC Shinning Gold.

A Ducati também tem surpreendido com as suas edições limitadas, como por exemplo a Panigale V4 25º Anniversario 916, moto que pode ver ao vivo no novo stand da marca italiana em Lisboa. E de Borgo Panigale teremos em breve nova moto de produção limitada: a Panigale V4 Superleggera.

Mas não são apenas as marcas italianas a conseguirem “roubar” os euros aos motociclistas. De Inglaterra chegam notícias de que a icónica marca Norton vai colocar na estrada uma nova supersport de produção limitada a apenas 50 unidades!

E se olharmos paras as especificações percebemos facilmente o porquê da produção ser tão limitada!


A nova Superlight SS baseia-se na já conhecida Superlight, uma supersport com motor bicilíndrico de 650 cc e que na sua versão normal tem uma potência de 105 cv. Porém, no caso da Superlight SS, a Norton decidiu elevar a fasquia e tornar as coisas bem interessantes. Para isso recorreram à sobrealimentação, mais concretamente instalaram um compressor, o que permitirá ao motor da Superlight SS desenvolver uma potência de 172 cv!

Se o motor é um fator muito importante neste moto, a Norton não pretende que seja o único a captar a nossa atenção.

Para isso produziram as carenagens integralmente em fibra de carbono, tal como o quadro, subquadro, braço oscilante e, claro, as jantes. A utilização destes componentes em fibra de carbono permitiu à Norton reduzir o peso dos elementos da ciclística em 47% comparativamente aos mesmos elementos em alumínio usados na Superlight.

Simon Skinner, responsável de design da Norton, refere que “As dimensões e comportamento destes elementos em carbono serão idênticos aos de alumínio. Queremos que a moto mantenha o mesmo ‘feeling’ sem se tornar demasiado rígida”.

O peso do conjunto é de apenas 153 kg, o que permite uma relação peso / potência bastante superior a 1:1. Para aguentar com a potência extra do turbo da Rotrex, o motor bicilíndrico da Superlight SS conta com a transmissão e caixa de velocidades da mais potente Norton V4 de 1200 cc.

Simon Skinner refere que a Norton está a considerar no futuro criar outras versões da Superlight usando este motor e o quadro em fibra de carbono “Pois todos os componentes da versão limitada SS podem ser transplantados para a versão de alumínio”.

A Norton não confirmou ainda o preço final desta Superlight SS, mas as primeiras informações relativas a preço apontam para um valor bem perto dos 60.000 €.

andardemoto.pt @ 28-11-2019 13:32:03


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews