Acciona aumenta a sua frota de motos eléctricas em Lisboa

A empresa continua a apostar na mobilidade sustentável no nosso país, totalizando agora cerca de 500 motos eléctricas a circular em Lisboa.

andardemoto.pt @ 7-2-2020 19:55:23

O serviço de motosharing da Acciona (pode saber mais se clicar aqui), que disponibiliza uma frota de veículos 100% elétricos e que está presente no mercado nacional desde Junho de 2019, acaba de anunciar um aumento da sua frota disponível na capital portuguesa, chegando agora aos 500 motociclos.

Esta aposta está assente na estratégia global e local da marca, de investir na construção de uma mobilidade urbana sustentável, através do serviço de mobilidade da Acciona, que disponibiliza motociclos elétricos partilháveis, para utilização no centro da cidade e em algumas áreas da Grande Lisboa.

A Acciona tem revolucionado a mobilidade urbana, visto que oferece um serviço de transporte de pessoas, de utilização prática, através de motociclos elétricos geolocalizados, equivalentes a 125cc. Estes veículos, extremamente simples de conduzir, são capazes de atingir velocidades máximas a rondar os 80 Km/h, extremamente úteis nas vias mais rápidas da cidade, como a Segunda Circular ou o Eixo Norte-Sul.


Os motociclos da Acciona podem transportar uma ou duas pessoas e funcionam apenas com baterias recarregáveis e energia certificada, 100% renovável.

Além disso, como elemento chave para os utilizadores que se preocupam com o meio ambiente e se comprometem a assumir um comportamento e consumo responsáveis, a APP, disponível para Android e iOS, informa os utilizadores do serviço sobre os consumos e as emissões de CO2 evitadas ao optar por um motociclo propulsionado por energias 100% renováveis, comparativamente a um veiculo tradicional.

Estes veículos disponibilizam duas modalidades de condução: em modo S, que permite uma velocidade máxima de 50 Km/h dentro da cidade numa condução que priveligia a eficácia energética, e o modo de condução C, que permite alcançar os 80 Km/h e assim, conduzir com mais segurança em autoestradas e nas vias rápidas da Grande Lisboa. Todos os motociclos têm assentos para condutor e passageiro e incluem no porta-malas dois capacetes de segurança, para dois ocupantes.


Eduardo Antunes, city manager do serviço de motosharing da ACCIONA em Lisboa, destaca: 

O serviço da ACCIONA já evitou a emissão de 803 toneladas de CO2 na atmosfera local, desde que chegámos a Lisboa. O equivalente às emissões de mais de 800 carros por dia. O feedback da comunidade e retorno ao longo dos últimos sete meses de atividade tem sido extremamente positivo e continuamos comprometidos em investir numa economia de baixo carbono, com os vários projetos de excelência técnica e inovação que temos, os quais ajudam a projetar um planeta melhor. E é por essa razão e missão da empresa que investimos na cidade de Lisboa e aumentamos a nossa frota, que oferece agora 500 motociclos à comunidade local”, conclui.

A ACCIONA foi recentemente considerada, pelo ranking Global 100 Most Sustainable Corporations, como uma das 100 empresas mais sustentáveis do planeta, e a segunda em todo o espaço ibérico. Neste momento o serviço contempla uma área de cobertura superior a 40km Km², que permite viajar com a mota até zonas mais suburbanas como Dafundo, Miraflores, Damaia, Ameixoeira e Sacavém.

Uma vez efetuado o registo através da app, os utilizadores podem ficar a conhecer a localização exata das motos disponíveis, sendo possível reservar a moto que esteja mais próxima. O utilizador poderá circular e parar durante o trajeto, num período máximo de 6 horas, em qualquer parte da cidade.

Porém, é obrigatório dar como concluída a sua viagem dentro da área habilitada para esse efeito. O serviço está disponível 24h por dia, todos os dias do ano, para que os utilizadores tenham sempre uma moto disponível para se deslocarem.

Paralelamente, o serviço conta com um centro de apoio ao utilizador, gratuito durante 24 horas, que poderá ajudar a responder a algumas questões e resolver algum tipo de incidências.

O carregamento das baterias das motos é concretizado através da substituição das mesmas, serviço efectuado pela equipa de manutenção da Acciona, procedimento que é efectuado em horário noturno, contando para esse efeito com uma frota de veículos igualmente 100% elétricos.

A empresa, que alcançou vendas de 7.510 milhões de euros em 2018, tem presença em mais de 40 países e desenvolve a sua atividade comercial em várias áreas de negócio sob o compromisso de contribuir para o desenvolvimento económico e social das comunidades em que marca presença.

O serviço de mobilidade da ACCIONA é uma das áreas em maior crescimento da empresa, começando por ser implementada em Espanha (Madrid, Valência, Sevilha, Saragoça e Barcelona), posteriormente em Portugal, na cidade de Lisboa, desde junho de 2019 e desde janeiro de 2020, também na cidade de Milão, em Itália.


andardemoto.pt @ 7-2-2020 19:55:23


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews