BMW Motorrad Blechmann 18

Bernhard Naumann é um fabricante austríaco conhecido no mundo das customizações como o “homem de lata” (Blechmann) e é o responsável pela mais recente criação em torno da BMW R18

andardemoto.pt @ 26-8-2020 08:19:00

A BMW R18 é uma moto que a empresa Bávara desenvolveu para reviver pontos altos da sua história. Tanto no aspecto técnico como no seu design, a R 18 inspira-se em modelos icónicos como a R5, com um foco particular nos aspectos fundamentais de uma moto: O motor e o design.

Pode ficar a saber tudo sobre a BMW R18 original se clicar aqui.

Essa foi a razão pela qual Blechmann não viu necessidade de fazer alterações ao quadro ou à tecnologia, bastando-lhe apenas usar os diversos pontos de fixação disponíveis de origem para concluir este seu deslumbrante trabalho.

Bernhard Naumann nunca usa maquetes nem desenhos para iniciar as suas criações. Ele primeiro remove todos os componentes desnecessários, até ficar com uma “tela em branco”, e vai alimentando a sua inspiração enquanto a construção se vai desenrolando, facto que, revela, lhe permite manter controladas as proporções e linhas que idealiza.

No entanto, para que a enorme carenagem frontal conseguisse ficar perfeita, confessa que teve que recorrer a alguns desenhos para que o resultado final fosse perfeito, e o destaque vai para o sistema de suporte que prolonga as linhas do depósito, por cima da mesa da direção.


O depósito de combustível foi uma das peças mais trabalhadas, tendo sido estreitado, para um aspecto mais desportivo e para realçar ainda mais o motor boxer de 1800cc, e dotado de reentrâncias para os joelhos.

O farol dianteiro é uma peça exclusiva, com um aro cromado que serve de vértice às linhas da carenagem frontal e da própria moto. Evoca as grelhas dos automóveis da marca e, para garantir um aspecto ainda mais consentâneo com o passado, recebe lâmpadas incandescentes e um vidro difusor amarelo.

Contando apenas com um guiador de avanços construído a partir do original da R18, um assento “solo” em cabedal, com um curioso sistema de fixação e rematado por um diminuto guarda-lamas, o conjunto ficou completo com uma pintura negra com pinstriping a branco, esta é uma criação que se revela espartana, mas que ainda assim consumiu a Blechmann 450 horas de trabalho.


andardemoto.pt @ 26-8-2020 08:19:00


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews