Últimas afinações em pista para a nova Aprilia RSV4 Factory

O circuito de Vallelunga foi o palco escolhido para a Aprilia fazer as últimas afinações na sua nova RSV4 Factory.

andardemoto.pt @ 1-2-2021 11:46:16

Foi a meio de janeiro que a Aprilia nos apresentou a mais recente geração da RSV4 e da sua versão mais bem equipada RSV4 Factory. Com as duas variantes da superdesportiva de Noale a partilharem o mesmo motor V4 e a mesma potência de 217 cv, a Aprilia procura diferenciar o comportamento dinâmico através de uma ciclística otimizada no caso da RSV4 Factory.

Até 2019 a casa de Noale sempre se mostrou contra a utilização de suspensões eletrónicas na RSV4. De acordo com os técnicos da marca, as suspensões eletrónicas não traziam benefícios em termos de tempos por volta em comparação com as suspensões convencionais.

Porém, 2020 marcou o início de uma nova era, com a tecnologia das suspensões eletrónicas a evoluir ainda mais, e assim a RSV4 1100 Factory passou a estar disponível com estes componentes.

Passado um ano, a nova geração da Aprilia RSV4 continua a diferenciar o nível de equipamento entre a versão base e a Factory, com esta última a ser alvo da atenção especial da Aprilia, que a levou até ao conhecido circuito de Vallelunga, onde habitualmente fazem o desenvolvimento das suas motos mais desportivas, para uma sessão final de afinações.



Sendo a RSV4 Factory uma das superdesportivas que tem como objetivo garantir que a Aprilia está no topo do segmento, a importância destas últimas afinações em pista é enorme. As suspensões eletrónicas Öhlins Smart EC 2.0, apesar de serem iguais em termos de “hardware” às unidades utilizadas noutras marcas, como a Honda, a Ducati ou até mesmo a Yamaha, requerem uma parametrização muito específica de acordo com as necessidades de cada moto.

No caso da RSV4 Factory e do seu quadro dupla trave em alumínio, que agora é acompanhado por um novo braço oscilante de desenho semelhante aos usados na competição, a afinação dos parâmetros eletrónicos das suspensões Öhlins será vital para garantir que a nova rigidez estrutural é acompanhada na perfeição pelas suspensões eletrónicas, garantindo que o condutor da nova RSV4 Factory usufrui de um “feeling” perfeito para puxar pela moto ao limite e alcançar os melhores tempos por volta.

Não deixa também de ser interessante perceber que no caso da moto usada neste teste em Vallelunga a Aprilia optou por utilizar um quadro e braço oscilante com o tratamento especial de anodização que confere um aspeto cromado a estes componentes. No caso da moto usada na única foto oficial da nova RSV4, tanto o quadro como o braço oscilante não apresentam o acabamento cromado mais exótico.



Nestas fotos espia desta sessão de testes final da nova Aprilia RSV4 Factory podemos ainda perceber como é o design desta superdesportiva de Noale.

Por ocasião da apresentação mundial em janeiro, a Aprilia não nos deixou visualizar a moto a partir de vários ângulos, como acontece habitualmente. Apenas tivemos direito a uma foto que nos revelou o lado esquerdo da moto.

Felizmente nestas fotos espia, apesar da fraca qualidade da imagem, a RSV4 Factory mostra-se noutros ângulos e deixa ver o seu design, mais encorpado, derivado da também nova para 2021 RS 660 – leia aqui o nosso teste. Por exemplo as carenagens duplas revelam uma maior protuberância na zona das asas, o que garante que a nova RSV4 conta com uma aerodinâmica ainda mais especial e eficiente.

O sistema de escape também de deixa ver melhor, com a ponteira lateral bastante comprida.

Infelizmente ainda teremos de esperar mais algum tempo até conseguirmos confirmar todos estes detalhes com melhor qualidade. Aqui no Andar de Moto temos feito todos os esforços para lhe conseguir dar a conhecer a nova RSV4 e RSV4 Factory com todas as fotos, tal como a nova Tuono V4, mas ainda estamos a aguardar que nos sejam disponibilizadas as fotos oficiais.

andardemoto.pt @ 1-2-2021 11:46:16


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews