MotoGP – Francesco Bagnaia promovido à Ducati de fábrica para 2021

Piloto italiano salta da equipa satélite para a Ducati Factory. Francesco Bagnaia será companheiro de Jack Miller em 2021, enquanto Johann Zarco vai ser o seu substituto na equipa Pramac e terá Jorge Martin como companheiro de equipa. É uma renovação profunda no programa de MotoGP da Ducati, com quatro pilotos a terem motos iguais em 2021.

andardemoto.pt @ 30-9-2020 10:39:22

A Ducati Corse continua a definir o posicionamento dos seus pilotos de MotoGP tendo em vista a temporada 2021 do Mundial de Velocidade. Já sabíamos que tanto Francesco Bagnaia como Johann Zarco tinham renovado os seus contratos diretamente com a marca italiana, mas não se sabia quem iria ocupar o único lugar ainda livre na equipa Ducati Factory.

Neste último dia de setembro, ficámos então a saber que o piloto escolhido será Francesco Bagnaia, campeão do mundo de Moto2 em 2018, e que tem competido pela equipa satélite da casa de Borgo Panigale desde que subiu à categoria rainha.

Bagnaia, mais um pupilo da VR46 Academy de Valentino Rossi, será assim o novo companheiro de equipa de Jack Miller na equipa de fábrica da Ducati em MotoGP, passando a estar então diretamente sob a alçada de Paolo Ciabatti e do engenheiro Gigi Dall’Igna, que tantas vezes tem estado presente na box da Pramac Ducati a acompanhar de perto os progressos de “Pecco” Bagnaia.



Depois de uma temporada de estreia em MotoGP algo dura, Bagnaia entrou nesta atípica temporada de 2020 com vontade de mostrar o seu talento. As suas performances aos comandos da Desmosedici GP20 satélite cedo o fizeram destacar-se dentro dos pilotos Ducati, e por diversas vezes Bagnaia tem estado envolvido na luta pelos lugares do pódio.

Aliás, no Grande Prémio de São Marino, em Misano, uma pista que conhece bem, Bagnaia foi mesmo o segundo classificado e no fim-de-semana seguinte, no Grande Prémio da Emilia Romana, o jovem piloto da Pramac estava a caminho da sua primeira vitória em MotoGP quando não evitou uma queda. Três semanas após ter fraturado a tíbia!

Com esta confirmação de Bagnaia na Ducati Factory, será agora a vez de outros pilotos serem confirmados nas respetivas equipas Ducati.



Johann Zarco, que tem um contrato assinado diretamente com a fábrica de Borgo Panigale, vai passar da Avintia para a Pramac, e terá o apoio total da marca italiana em 2021. Zarco, que esta temporada renasceu das cinzas depois de um 2019 para esquecer, tendo já conseguido uma “pole position” e um terceiro lugar no GP da República Checa, será companheiro de equipa de Jorge Martin, com o piloto espanhol a subir das Moto2 para fazer a sua estreia em MotoGP com a Pramac Ducati.

E para o lugar de Zarco na Avintia a Ducati contratou nas Moto2. Um dos principais nomes da categoria intermédia e atual candidato ao título Moto2, Enea Bastianini, será uma das novas caras em MotoGP em 2021 aos comandos de uma moto da Ducati.

2021 será, por todas estas razões, uma temporada de completa renovação para a estratégia da Ducati em MotoGP. Apesar de manter alguns pilotos dentro das suas fileiras, a marca italiana contará com dois novos pilotos na equipa de fábrica, dois novos pilotos na Pramac, um deles “rookie”, e mesmo a Avintia também terá um “rookie”. Uma aposta arriscada por parte do departamento de competição da Ducati, mas que se apresenta como uma visão de futuro.

andardemoto.pt @ 30-9-2020 10:39:22


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP