Onde esteve esta Ducati MH900e durante 20 anos?

Acredita que uma Ducati MH900e tenha estado fechada durante 20 anos? Abra a caixa e veja por si próprio!

andardemoto.pt @ 27-5-2022 14:51:39

E se lhe dissessem que dentro de uma caixa de madeira esteve fechada durante 20 anos uma Ducati MH900e, uma das mais sexy Ducati de sempre?

Esta relíquia começou por ser apresentada na Feira Internacional de Motociclismo (INTERMOT) em 1998, quando ainda era apenas um protótipo para homenagear a Ducati 900SS com que piloto Mike Hailwood venceu o TT da Ilha de Man em1978. 

Na altura, ainda nos primórdios da internet, a marca criou um questionário no seu site oficial para tentar perceber que interesse tinham as pessoas neste protótipo, algo que para a época foi extraordinário. 


As respostas positivas fizeram com que a Ducati produzisse esta moto, limitando a sua produção a apenas 2.000 unidades. A adesão foi tal que, no dia 1 de janeiro do ano 2000, a marca colocou a Ducati MH900e à venda online e vendeu todas as unidades em apenas 31 minutos. 

Uma destas MH900e, com o número 552 da série limitada, foi embalada numa caixa e enviada para os Estados Unidos, à Rockville Harley-Davidson em Gaithersburg, Maryland.

Mas agora a pergunta é: como é que uma Ducati acaba num concessionário da Harley Davidson? A resposta é fácil: este concessionário faz parte da Battley Cycles, empresa que também comercializa a BMW e a Ducati.


Desde então que a tão cobiçada moto permaneceu embalada e fechada dentro da sua caixa original, tal como saiu da fábrica, até agora. 

Desenhada pelo mago Pierre Terblanche, a MH900 Evoluzione está equipada com um motor L-twin desmodrómico de 904cc, refrigerado a ar e a debitar 74cv de potência com 76Nm de binário, que serve de elemento estruturante do típico quadro em treliça de tubos de aço que combina com o monobraço oscilante. 

Há 20 anos a MH900 evoluzione custava cerca de 18 mil dólares (cerca de 30.000 com a inflação corrigida), mas recentemente algumas destas motos, em estado usado, foram vendidas por mais de 40 mil dólares.

Quem agora comprar esta relíquia poderá encontrar pequenos danos na pintura causados pelo transporte ou durante o armazenamento, mas isto não será nada comparado com ligar um motor que está adormecido há 20 anos e que se espera não esteja agarrado. 
Além disso o novo e primeiro dono desta Ducati terá de lidar com todo o tipo de borrachas, correias e tubos que podem estar ressequidos e a precisar de substituição.
Mas em contrapartida vai poder desfrutar de uma das mais belas motos alguma vez fabricada, um verdadeiro hino ao design italiano e que passados tantos anos continua a inspirar outros fabricantes.

andardemoto.pt @ 27-5-2022 14:51:39

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Sabia que