Scooters 125 cc - A prova das 9 - 9ª parte: Vespa GTS 125 Super Sport

Nove scooters 125 cc, de todas as formas e feitios, preços e segmentos, passaram pela redação do Andar de Moto. O objetivo? Perceber quais as mais-valias destas opções, algumas delas muitas vezes esquecidas pelos motociclistas na altura de escolher uma moto nova.

andardemoto.pt @ 27-2-2018 00:47:29


Vespa GTS 125 Super Sport

Dentro das 9 opções que lhe mostramos neste trabalho com scooters 125 cc, esta GTS 125 Super Sport é, sem dúvida, aquela que se apresenta como a opção mais “premium”, quer seja pela sua imagem que todos associamos à Vespa, quer seja pelo seu preço de 5680€, o mais elevado de todas.

Mas esse preço tem também as suas vantagens! Por exemplo, todo o corpo da GTS 125 Super Sport é fabricado em chapa de aço, com a Vespa a usar reforços soldados em pontos considerados fulcrais, permitindo assim que esta pequena “amarelinha” (ou cinzenta, se preferir essa cor) consiga um comportamento dinâmico de verdadeira desportiva.

As jantes de apenas 12’’ maximizam a agilidade de um conjunto que pesa, fruto do uso extensivo de metal, 158 kg a seco.

Basta um toque na direção, que pela sua geometria agressiva já de si torna a Vespa numa scooter muito reativa aos impulsos no guiador, e a GTS 125 Super Sport rapidamente fica na trajetória pretendida, e a excelente brecagem garante que mesmo no trânsito mais compacto temos sempre forma de encontrar espaço para manobrar e sair de apertos.


O assento desta pequena italiana não é o mais confortável para transportar dois passageiros, mas o condutor usufrui de boa posição de condução, com muito espaço para os pés na plataforma que não sendo plana, permite transporte de objetos, sem grande dificuldade. Debaixo do assento o espaço para arrumos é muito reduzido, até porque é aí que encontramos o depósito de combustível.

A qualidade de construção e acabamentos acompanha o preço que a Vespa pede pela GTS 125 Super Sport.

Não há outra scooter neste lote de 9 modelos testados que tenha tanta atenção aos detalhes, como por exemplo o friso metálico ou os pequenos gráficos em preto e vermelho, que conseguem dar um dinamismo a uma scooter que, caso fosse totalmente amarela, perderia muito do seu charme.

O motor é também uma componente muito importante desta Vespa. O monocilíndrico é extremamente divertido de explorar, e se os 15 cv ficam mesmo no limite da “Lei das 125”, o que mais impressiona são os seus 11 Nm que garantem boas respostas ao nível das recuperações.

Em condução, apenas gostaríamos que a Vespa melhorasse a distância livre ao solo em inclinação, pois os condutores mais atrevidos, rapidamente estarão a raspar o descanso central no asfalto, deixando um longo rasto de faíscas atrás de si.

Clique aqui para ficar a conhecer as características técnicas da Vespa GTS 125 Super Sport


Galeria Vespa GTS 125 Super Sport

andardemoto.pt @ 27-2-2018 00:47:29


Clique aqui para ver mais sobre: Kawasaki - Notícias




Mais