Triumph Portugal confirma ação de chamada técnica para vários modelos da gama clássica

Foi detetada uma falha no posicionamento da cablagem dos modelos Street Twin, Street Scrambler, Street Cup e Bonneville T100 e T120. A Triumph Portugal irá contactar os clientes afetados para realizarem este “recall”.

andardemoto.pt @ 22-3-2019 17:53:27

Na conceção de uma moto, os fabricantes têm em conta todos os fatores de segurança, e minimizam dentro do possível possíveis falhas. No entanto, há determinadas coisas que são praticamente impossíveis de prever, e a Triumph acaba de revelar que descobriu agora uma falha ao nível do posicionamento da cablagem em alguns dos seus modelos da gama clássica.

Os modelos afetados – Street Twin, Street Scrambler, Street Cup, Bonneville T100 e Bonneville T120 – apresentam uma má colocação dos cabos junto à coluna de direção. O cabo da embraiagem pode, eventualmente, desgastar a cablagem nessa zona, impedindo o normal funcionamento dos intermitentes, luzes de máximos ou até mesmo levar à perda de potência do motor nos casos mais extremos.


O Andar de Moto contactou a Triumph Portugal para conseguir mais informações sobre esta ação de chamada técnica a algumas clássicas da marca britânica, e aqui fica a resposta oficial por parte do representante da Triumph no nosso país

“A Triumph confirma que está a ser efectuada uma acção de chamada técnica que se prende com unidades de alguns modelos da gama clássica: Street Twin, Street Scrambler, Street Cup, Bonneville T100 e Bonneville T120. A mesma prende-se com a necessidade de reposicionar (substituindo a guia e as braçadeiras) a passagem de cabos junto à coluna de direcção. Embora tenha sido uma percentagem diminuta de unidades onde se verificaram problemas, a possibilidade de ocorrência dos mesmos era real e, assim, a marca decidiu-se pela substituição. Neste momento, todos os clientes afectados pelo “recall” estão a ser informados pela marca e a ser chamados às oficinas. Dos modelos acima descritos, venderam-se em Portugal cerca de 350 unidades, mas nem todas estão afectadas pela chamada técnica. Neste momento ainda estamos a apurar quantas motos das séries afectadas foram comercializadas por nós”, disse Vitor Sousa, Diretor de Marketing e Vendas da Triumph Portugal, quando questionado sobre esta situação.
Se em Portugal o número de unidades potentencialmente afetadas é relativamente reduzido, a nível global a Triumph anuncia que a ação de chamada técnica envolve uma chamada à oficina de 68.686 unidades dos modelos acima mencionados, sendo que de acordo com a Federação Europeia de Associações de Motociclistas, as motos afetadas foram produzidas entre 11 de agosto de 2015 até 13 de janeiro de 2019.

andardemoto.pt @ 22-3-2019 17:53:27