H-D LiveWire vs Tesla Model 3 Performance – Quem vence a “drag race” mais silenciosa?

Um vídeo de uma corrida de “drag race” mostra quem é o mais rápido no arranque parado. Será que a Harley-Davidson LiveWire consegue bater o Tesla Model 3 Performance? Veja o vídeo desta corrida silenciosa e descubra qual é o mais rápido!

andardemoto.pt @ 2-4-2020 15:28:01


Corridas estão no sangue da maior parte dos motociclistas e também dos condutores de automóveis. Não há volta a dar! Aquela sensação de acelerar a fundo chega a ser viciante. E uma das formas de acelerar a fundo são as corridas de “drag racing”.

Estas provas de arranque a partir de parado são excitantes, recheadas de ruído e cheiros a diferentes combustíveis queimados pelos motores extremamente potentes e que saem pelos enormes escapes em forma de labaredas gigantes.

Mas com a chegada dos veículos elétricos, as provas de arranque estão a sofrer uma enorme mudança.

Já todos vimos o que acontece quando um automóvel elétrico enfrenta rivais com motor a combustão. No YouTube estão disponíveis diversos vídeos de Tesla a bater facilmente carros bastante potentes mas que simplesmente não têm disponível a quantidade massiva de binário dos diferentes modelos Tesla.

SAIBA TUDO SOBRE A NOVA HARLEY-DAVIDSON LIVEWIRE AQUI


Mas o que acontece quando colocamos frente a frente uma moto elétrica e um carro elétrico?

Foi isso mesmo que aconteceu na pista americana de “drag” Texas Motorplex.

Uma Harley-Davidson LiveWire enfrentou num mano a mano um Tesla Model 3 Performance, naquela que podemos chamar de “drag race” mais silenciosa de sempre!

A Harley-Davidson LiveWire apresenta como argumentos um motor elétrico de 105 cv e 106 Nm de binário, com a tração a ser feita apenas através da roda traseira. Já o Tesla Model 3 Performance tem tração integral e os dois motores elétricos produzem 450 cv e disponibilizam 639 Nm de binário. Estas são as especificações oficiais.

A Harley-Davidson não publicita a LiveWire como moto para grandes velocidades e acelerações, e olhando para a performance anunciada pelos dois fabricantes, será fácil apostar em como o Model 3 Performance bate facilmente a moto elétrica.

Mas será mesmo assim? Veja primeiro o vídeo abaixo e depois analisamos o resultado.



Infelizmente o vídeo termina um pouco antes de ambos os veículos elétricos cortarem a meta e dos tempos de cada um serem apresentados.

Mas ficou claro que a Harley-Davidson LiveWire, apesar do binário muito menor, oferece uma excelente tração e usa bem o menor peso em comparação com o Tesla Model 3 Performance para arrancar da linha disparada como se fosse uma bala!

De facto, a LiveWire consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 3 segundos, de acordo com a H-D. Por seu lado a Tesla anuncia que o Model 3 Performance demora 3,4 segundos a atingir os 100 km/h. Daí a moto bater inapelavelmente o carro no momento inicial do arranque.

Mas conforme os dois percorrem a pista de “drag”, o Model 3 Performance vai recuperando a diferença e parece até que no final consegue mesmo passar a LiveWire.

LEIA AQUI O TESTE AO TESLA MODEL 3 PERFORMANCE NO AUTONEWS


Isto não se deve apenas à maior potência disponível no Tesla, mas também ao facto de que os 450 cv passam a sua força para a superfície de asfalto através das quatro rodas o que permite eliminar a desvantagem do peso muito maior em comparação com a moto.

Temos também de contar que a Harley-Davidson limita eletrónicamente a velocidade máxima da LiveWire aos 180 km/h. A moto terá atingido rapidamente esse limite, enquanto a Tesla coloca o limite eletrónico da velocidade máxima do Model 3 Performance nos 261 km/h. Isso permitiu ao carro recuperar rapidamente da desvantagem inicial.

Deste vídeo tão silencioso, e que por isso diríamos até um pouco estranho tenho em conta que estamos a falar de uma corrida de “drag”, há duas coisas que também gostaríamos de destacar: a primeira, que o condutor da LiveWire tem coragem, pois acelerar numa moto daquela forma não é para todos! A segunda, que gostaríamos de ver o que esta moto elétrica da Harley-Davidson conseguiria fazer caso não estivesse limitada eletrónicamente.

andardemoto.pt @ 2-4-2020 15:28:01


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews