Royal Enfield Interceptor 650 brilha no Reino Unido!

Fabricante indiano continua a obter bons resultados com a sua estratégia de expansão global. Desta vez a Interceptor 650 conseguiu tornar-se na moto mais vendida no Reino Unido, e a Royal Enfield promete não ficar por aqui.

andardemoto.pt @ 5-8-2020 13:54:10

A marca indiana Royal Enfield continua a mostrar-se em bom plano numa perspetiva de vendas de motos a nível global. Depois do sucesso que tem sido a sua gama de motos bicilíndricas 650, a variante Interceptor alcançou mesmo o topo de vendas!

Foi no mês de junho que a Interceptor 650 foi a moto mais vendida no Reino Unido, somando todas as cilindradas, mas excluindo as scooters.

Este resultado reforça a posição da Royal Enfield no Reino Unido, mercado em que a marca indiana é considerada como a de maior crescimento entre as dez marcas de maior dimensão em Terras de Sua Majestade.

Com a Interceptor 650 a alcançar este estatuto num mercado tão significativo, a Royal Enfield continua agora ainda mais focada em conseguir melhorar a sua performance e penetração nos restantes mercados europeus.

Leia também - Teste Royal Enfield Twins 650 Interceptor e Continental: À Bon Marché



Nesse sentido, Arun Gopal, diretor da Royal Enfield Europa, inclusivamente já se mudou para Inglaterra, para assim poder ter um contacto mais direto com as necessidades dos motociclistas e concessionários europeus.

A estratégia de sucesso tem-se baseado no fortalecimento da rede de concessionários por toda a Europa. Em Portugal já aqui lhe falámos do esforço que tem sido feito na criação de espaços exclusivos dedicados à Royal Enfield, como são os casos das Concept Store de Lisboa e também no Porto – clique aqui para saber mais.

Mas o sucesso é também explicado pela gama de motos acessíveis e equilibradas, em que, claro, o maior destaque vai para as 650 Twin, mas também para a Himalyan que tem ajudado a trazer muitos motociclistas para a família Royal Enfield.

Leia também – Comparativo Bonneville T100 versus Interceptor 650: Separadas à nascença



Por último, a boa prestação da marca indiana na Europa tem sido suportada pela expansão da equipa europeia. Só no Centro Técnico que a marca possui em Bruntingthorpe trabalham 140 pessoas, e recentemente a equipa de markenting e pós-venda na Europa foi reforçada com a chegada de 18 novos trabalhadores.

“As Royal Enfield, e especialmente as novas Twin 650, são ainda mais relevantes tendo em conta os tempos financeiramente difíceis que estamos a viver, já que o seu propósito é o de oferecer diversão pura, sem complicações, honesta e com preços incrivelmente acessíveis para propor o que, acreditamos, é o melhor valor no mercado. Somos uma marca verdadeiramente global que continuará a crescer e a inovar, mas temos uma afinidade e um afeto particular pela Europa e estamos extremamente entusiasmados com o potencial da marca aqui. O grande resultado em junho, ao converter-se no modelo de moto mais vendido no Reino Unido, é um apoio para a nossa estratégia e para a visão que temos, mas sabemos que isto é apenas o começo da nossa viagem. O caminho a seguir será incrivelmente emocionante para a marca Royal Enfield em toda a região da UE, e estamos totalmente comprometidos em continuar a trabalhar na sequência deste êxito”, afirma um entusiasmado Arun Gopal.

andardemoto.pt @ 5-8-2020 13:54:10


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews