A próxima Honda Africa Twin vai ter dois radares!

A marca nipónica prepara-se para instalar na sua maxitrail a tecnologia de radares que permitirá utilizar mais ajudas eletrónicas à condução. A próxima geração da Honda Africa Twin vai ter dois radares.

andardemoto.pt @ 16-3-2021 11:41:07

As ajudas à condução em moto são hoje em dia tidas como elementos fulcrais no desenvolvimento de uma moto. Atualmente as motos mais “premium” contam com diversas ajudas à condução como controlo de tração, “anti wheelie”, controlo do efeito travão motor, entre muitas outras ajudas.

Mas a mais recente tecnologia envolve a utilização de radares.

A Ducati foi a primeira a anunciar este tipo de sistema. A nova Multistrada V4 S, uma moto que o seu Andar de Moto vai analisar na próxima edição da revista digital que em breve estará disponível para o caro leitor desfrutar, conta com não com um, mas sim com dois radares! A Bosch desenvolveu o sistema e a Ducati afinou os parâmetros de funcionamento tanto do radar dianteiro como do traseiro.



Pouco depois foi a vez da BMW Motorrad anunciar a mesma tecnologia, no caso da marca alemã apenas um radar dianteiro, com a R 1250 RT a ser a primeira moto da marca de Munique a contar com radar também da Bosch.

Mais recentemente vimos a KTM anunciar a integração do radar Bosch dianteiro na aventureira 1290 Super Adventure S.

Agora, chega a vez da Honda preparar-se para entrar neste “jogo tecnológico”, e as mais recentes patentes agora divulgadas ao público mostram que a próxima geração da maxitrail Africa Twin irá contar com dois radares. Um posicionado abaixo das óticas dianteiras, e o radar traseiro escondido no suporte de matrícula.

Não sabemos ainda se o sistema da Honda irá basear-se na tecnologia desenvolvida pela Bosch, e que já é usada pelos restantes fabricantes que mencionámos. Mas tendo a Honda uma parte do seu negócio vocacionada para os automóveis, e sabendo que nesse mundo este tipo de tecnologias está bastante mais avançado, poderá acontecer o caso da Honda estar a desenvolver um sistema exclusivo que irá permitir utilizar novas ajudas eletrónicas.



E o que podemos esperar dos radares da Honda Africa Twin?

A utilização de radar dianteiro permite à marca desenvolver um sistema de “cruise control” adaptativo. Este sistema é uma evolução em relação aos convencionais sistemas de controlo de velocidade de cruzeiro que atualmente muitas motos apresentam na sua lista de equipamento.

Com o “cruise control” adaptativo o condutor deixa de se preocupar com o aproximar de veículos que circulam à sua frente, pois o radar deteta e envia informação a uma centralina que depois atua sobre os travões e acelerador da moto, adaptando a velocidade da moto de forma automática para evitar o embate.

Mas no caso das patentes da Honda Africa Twin de próxima geração, tudo indica que a marca japonesa está a trabalhar em algo mais do que isso. O radar dianteiro aparenta ter dimensões algo exageradas quando comparado com os radares da Ducati, BMW Motorrad ou KTM. Alguns rumores apontam para que, para além do radar, a Honda esteja a incluir uma pequena câmara que irá detetar obstáculos ou outros veículos, permitindo ao condutor da Africa Twin usufruir de ainda mais tecnologia e ajudas à condução que melhoram a segurança.


Quanto ao radar traseiro, o mesmo será necessário para detetar a aproximação e posição de veículos na traseira da moto, principalmente no chamado ângulo morto, avisando o condutor da Africa Twin da presença de veículos nessa zona através de sinais luminosos nos espelhos retrovisores. Muito semelhante ao que já podemos encontrar na Ducati Multistrada V4 S.

Como normalmente acontece nestas situações, o facto de terem sido descobertas patentes com sistema de dois radares para a Africa Twin não significa que esta tecnologia será realidade.

No entanto, e tendo em conta que outros fabricantes já usam estas tecnologias, e sendo a Honda o maior fabricante de motos do mundo, existe a forte probabilidade de vermos no Salão de Milão EICMA a Africa Twin atualizada. Até porque a Honda já confirmou a sua presença a nível oficial no certame italiano.

andardemoto.pt @ 16-3-2021 11:41:07


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews