Márcia Monteiro

Márcia Monteiro

Marketeer, “Mulher do Norte” e motociclista em estrada e fora dela (Off Road).

OPINIÃO

Os inimigos dos motociclistas

Vários estudos demonstraram que uma das causas principais dos acidentes dos motociclistas são as imprudências que os mesmos cometem aquando a sua condução. Mas se acha que este é o único inimigo dos motociclistas, está enganado(a), existem mais.

andardemoto.pt @ 20-12-2021 17:16:23 - Márcia Monteiro

Pode não existir, ainda, nenhuma correlação cientificamente comprovada em relação a isto, mas um dos inimigos dos motociclistas são as pessoas que conduzem motos e não estão habilitadas a isso. Se por um lado temos quem não está habilitado a conduzir uma moto, por outro lado também temos quem está habilitado a conduzir, mas tem excesso de confiança. E esse excesso de confiança transforma-se num inimigo quando é usado de forma imprudente na condução. Podemos achar que temos a situação controlada, mas quando menos esperamos, o cenário pode mudar de figura.

A falta de uso de equipamento de segurança de boa qualidade também é considerado um inimigo dos motociclistas por isso certifique-se que utiliza um bom capacete, um bom blusão, luvas e botas. Se a isso acrescentar outros equipamentos, melhor ainda. É muito caro? Sim, em alguns casos é, mas como eu costumo dizer, mais vale investir em bons equipamentos do que em bons hospitais. A este inimigo, podemos juntar também as más condições de algumas vias de circulação.

Os telemóveis são os clássicos inimigos dos motociclistas. Para além de inimigos, são proibidos. Eu sei, a tentação é grande, mas uma pequena fração de segundos pode ditar uma queda porque a mão que devia estar no travão, estava no bolso a tirar o telemóvel.

Por último, este é o inimigo que eu considero o mais evidente: os automobilistas. Calma... não são os automobilistas em si até porque também eu sou automobilista. Refiro-me aos automobilistas que não têm a sensibilidade nem a perceção que existem veículos de duas rodas em que o para-choques é o corpo de quem os conduz. É necessário apelar a todos os automobilistas, sejam eles motociclistas ou não, para terem uma atenção redobrada no seu campo de visão e sinalizarem todas as manobras. Poderia sugerir a construção de faixas de rodagem para motociclistas ou até mesmo formação de cidadãos e condutores e ainda que tudo isto fosse benéfico para nós motociclistas, sabemos que não é tão simples quanto parece.

Por isso mais vale andarmos atentos a estes inimigos. Boas curvas a todos!

30-12-2020

andardemoto.pt @ 20-12-2021 17:16:23 - Márcia Monteiro


Clique aqui para ver mais sobre: Opiniões