MotoGP – Datas das apresentações da Pramac Ducati, Petronas Yamaha e Suzuki

Mais três equipas de MotoGP confirmaram as datas das suas apresentações online. A Pramac Ducati será a primeira, seguindo-se a Petronas Yamaha SRT e ainda a Suzuki Ecstar.

andardemoto.pt @ 24-2-2021 15:00:00

Estamos a fechar o segundo mês do ano 2021, e com a maior parte das equipas já apresentadas e prontas para começar os testes oficiais de MotoGP no circuito de Losail, Qatar, já a partir de 5 de março, faltam apenas quatro equipas realizarem as suas apresentações.

Dessas quatro equipas, apenas a Gresini Aprilia não tem ainda data confirmada. Uma situação que deverá ficar esclarecida em breve, mas que ficará marcada certamente pelo sentido adeus a Fausto Gresini, mentor da estrutura italiana, que faleceu depois de quase dois meses a lutar contra a Covid-19.

Assim, a equipa de MotoGP que se segue no calendário de apresentações é a Pramac Ducati. Uma das formações satélite da casa de Borgo Panigale contará em 2021 com uma dupla de pilotos totalmente nova: Johann Zarco chega à Pramac vindo da Esponsorama Avintia, enquanto o “rookie” Jorge Martin vai fazer a sua estreia na categoria rainha aos comandos de uma moto italiana.

A apresentação da equipa Pramac Ducati acontece, como habitualmente desde o início da pandemia, em formato virtual, a 25 de fevereiro e pelas 15 horas. Com a apresentação da equipa Pramac, a Ducati fecha assim o seu ciclo de apresentações depois da Esponsorama Avintia e da Ducati Lenovo Team já terem sido reveladas.



Depois, pelas 9h30 de dia 1 de março, será a ver da Petronas Yamaha SRT revelar as suas novas cores. Será a oportunidade de vermos pela primeira vez o italiano Valentino Rossi vestido com as cores da Petronas, com o veterano italiano a ocupar o lugar que foi durante duas temporadas de Fabio Quartararo, o jovem francês que se juntou a Maverick Viñales na equipa Monster Energy Yamaha a partir de 2021.

Rossi terá ao seu lado o seu grande amigo Franco Morbidelli, um piloto que foi criado e aperfeiçoado pela academia de Rossi, a VR46 Academy. No entanto, já se sabe que enquanto Valentino Rossi vai ter à sua disposição uma Yamaha YZR-M1 100% de fábrica, Morbidelli, vice-campeão de MotoGP de 2020, vai continuar a pilotar uma moto ligeiramente inferior, a YZR-M1 A-Spec.



Para último ficam os campeões Suzuki Ecstar.

A formação japonesa deixa de contar com a experiência e conhecimentos de Davide Brivio, com o antigo diretor de equipa da Suzuki a mudar-se de forma surpreendente para a Fórmula 1 com a equipa Alpine.

A Suzuki Ecstar vai realizar a sua apresentação a 6 de março pelas 9 horas. Será num evento virtual que ficaremos a conhecer as novas decorações das Suzuki GSX-RR de Joan Mir, o campeão de MotoGP em título, e do seu companheiro de equipa Alex Rins, que volta a ter ambições de conquistar o ceptro principal da categoria rainha MotoGP. O campeão Mir já anunciou que a sua moto não irá apresentar o #1 de campeão nas  carenagens, com o piloto balear a optar por manter-se fiel ao seu #36.

Será também interessante perceber como será a nova decoração da equipa de fábrica da Suzuki em 2021. A chegada de um novo patrocinador principal como a Monster Energy significa entrada de dinheiro, que será crucial para desenvolver o projeto de MotoGP da casa de Hamamatsu, mas também significará uma decoração diferente daquela eu a Suzuki Ecstar tem usado nos últimos anos.

andardemoto.pt @ 24-2-2021 15:00:00


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP