Márcia Monteiro

Márcia Monteiro

Marketeer, “Mulher do Norte” e motociclista em estrada e fora dela (Off Road).

OPINIÃO

A subida ao Inferno

Confesso que andava com uma curiosidade desmedida em explorar melhor a zona centro de Portugal pois felizmente as motos já me levaram a conhecer quase todo o nosso país, mas havia uma zona que ainda não me tinha despertado vontade.

andardemoto.pt @ 13-7-2022 03:58:25 - Márcia Monteiro

Essa vontade apareceu quando abri o mapa e percebi que ainda havia muitos caminhos por explorar. Quanto mais informação consumia, mais eu me questionava: “como é que eu ainda não fui aqui?”. O meu pequeno roteiro deu lugar a uma série de novas rotas que se traduziram numa lista. O objetivo? Visitar todos os lugares que desejava conhecer na zona centro e dar mais um “check” nessa lista. 

Assim, começo por vos apresentar o “Portal do Inferno” (eu sei que este nome parece ter sido inventado por mim, mas não foi). Trata-se de um verdadeiro abismo que se situa entre duas depressões escarpadas no maciço da gralheira em pleno Arouca GeoPark.



A pequena estrada que percorre a serra num ondular que tem tanto de divertido como vertiginoso, dá-nos a sensação de que, tal como o nome deste local, estamos numa passagem até às entranhas do demónio.

É um lugar envolto em mistério, caracterizado pelas suas enormes e íngremes encostas profundamente escarpadas. Pelo caminho, ainda tive oportunidade de contemplar algumas espécies animais que cruzavam a estrada, assustadas com o roncar da moto que, naquela tarde, circulava sozinha neste percurso demoníaco.

Reza a lenda que, durante muito tempo, o diabo aterrorizava todos os que por ali passavam. 


Deixo um último conselho: se quiserem visitar o Portal do Inferno, recomendo que seja de moto ou bicicleta. Os automóveis são desaconselhados uma vez que, em algumas partes, a estrada não tem largura suficiente para a passagem de veículos de 4 rodas.
Aguardem os próximos capítulos da zona centro e boas curvas!

andardemoto.pt @ 13-7-2022 03:58:25 - Márcia Monteiro


Clique aqui para ver mais sobre: Opiniões