Confirmado o sucesso do Lisboa Moto Show 2017 - 1ª parte

Dados da organização apontam para números que confirmam este como o maior salão de motos da península Ibérica

AdM @ 10-4-2017 18:12:19

Seguinte

De 5 a 9 de Abril de 2017 realizou-se o Lisboa Moto Show. Nele fizeram-se representar as grandes marcas de motos, com praticamente todas as novidades de 2017 (clique nos links abaixo para saber mais).

No total, mais de 1.000 motos, das quais cerca de 100 modelos foram apresentados em primeira mão em Portugal, foram as grandes atrações do Lisboa Moto Show, demonstrando o empenho das marcas de motos em fazer deste salão o melhor da Península Ibérica para o sector das duas rodas.

A AJP, a marca portuguesa que celebra este ano o seu 30º aniversário, apresentou a sua vasta gama de modelos, sendo o grande destaque a mais recente criação, a PR7.

A BMW, para além de toda a gama de 2017, com destaque para a nova R1200GS Rally, mostrou ainda a tão aguardada G310GS.

No stand da Ducati, os olhos eram imediatamente atraídos pela escultural 1299 Superleggera, que fez a sua primeira aparição pública depois do Salão de Milão, mas as novas Scrambler Cafe Racer e Scrambler Desert Sledge tampouco deixaram ninguém indiferente.

O Grupo Piaggio esteve presente em grande força, com suas 4 marcas: A Aprilia, apresentva no Lisboa MotoShow a sua parceria com Tiago Magalhães, o piloto que este ano participa no Campeonato Nacional de Velocidade aos comandos de uma Aprilia RSV4 RF, uma das motos em exposição.

Moto Guzzi V7 III, a terceira geração da Moto Guzzi mais conhecida de sempre, também podia ser apreciada apresentando-se totalmente renovada.

A Piaggio apresentou as suas duas mais recentes scooters: Piaggio Medley e Piaggio Liberty.

A Vespa, com mais de 18 milhões de unidades vendidas em todo o mundo, volta a estar na vanguarda e apresentou uma nova e alegre palete de cores nos modelos Primavera, Sprint e GTS.

No stand da Harley-Davidson o destaque foi para nova Street Rod 750, a mais recente adição à gama Dark Custom da marca, e para Harley-Davidson Road King Special, a nova e agressiva custom bagger banhada a preto e propulsionada pelo novo motor Milwaukee-Eight de 1750cc.

A Honda, chamava a atenção com a nova scooter de Aventura, a X-ADV., mas mostrava mais novidades como a SH125, a Rebel500 e a CBR1000RR Fireblade

Na Kawasaki, a grande estrela foi a H2 Carbon, mas as novas Ninja 650 e as novas Z900 e Z650 também estiveram presentes. Ainda se podia ver a nova Versys X 300. Mas o importador oficial para o nosso páis, a Multimoto, ainda apresentava, para além dos stands da Keeway, toda a gama da Benelli, onde se podia ver as TRK 502 e Leoncino, e tinha em exposição a gama completa da nova marca que representa: a UM, com uma grande diversidade de modelos todos com 125cc de cilindrada, e que impressionava pelo nível de acabamentos e qualidade de construção.

Na Suzuki, o destaque eram as novas GSX-R 1000GSX-S 750 e DL250 V-Strom.

A Yamaha apresentou além da nova Tricity, as nova Scooters X-Max 300 e T-Max, a Scrambler 950, a XSR900 Abarth e a YZF-R6.

Na Sym, o destaque ia para as novas Jet14 e Cruisym.

No Stand da Triumph a grande novidade, para além das duas mais recentes clássicas modernas, a Scrambler e a Bobber, o destaque ia para a nova Street Triple.


Neste Salão, o desenvolvimento do novo espaço Motor Racing, veio abrir novas propostas, destacando-se a box do piloto nacional Miguel Oliveira, onde no Domingo foi feita a transmissão em directo do Grande Prémio da Argentina, permitindo a uma legião de fãs ver ao vivo a conquista do 2º lugar do pódio, pelo nosso campeão.

Também o espaço da Federação de Motociclismo de Portugal com a promoção do calendário nacional de provas, e as sempre cobiçadas motos modificadas, foram outras das atrações acarinhadas pelos amantes da modalidade e pelos muitos curiosos pelos desportos motorizados.

No espaço exterior, os test-rides com motos de alta cilindrada e as arriscadas manobras dos "stunt-riders" foram um êxito, à semelhança de edições anteriores.

A organização não disponibiliza dados separados dos dois eventos que ocorreram em simultâneo: o Moto Show e a Nauticampo, cujos bilhetes de entrada permitiam a visita do outro certame, mas no total foram mais de 63.500 pessoas que viram as últimas novidades do mundo das motos, dos barcos, do caravanismo, e do desporto de aventura.

Os responsáveis das marcas que o andardemoto.pt teve oportunidade de abordar, e foram praticamente todos os de maior peso do sector, revelaram a sua satisfação pelos resultados obtidos, tanto em número de visitantes como em número de contactos e potenciais clientes. 

Mesmo sob o stress da grande afluência registada durante o fim-de-semana, todos foram unânimes a afirmar que esta é, na realidade, a melhor oportunidade de promoção e negócio que podem ter. 


Veja a reportagem em Video:

AdM @ 10-4-2017 18:12:19

Galeria de fotos



Últimas notícias