Dakar 2021 11ª Etapa – Sam Sunderland dá esperança à KTM

Um dia difícil para a Honda, que perde Joan Barreda, mas que no final deixa tudo em aberto para o último dia de prova. Sam Sunderland vence pela primeira vez no Rali Dakar 2021 e ameaça Kevin Benavides. Hoje foi a vez de Sebastian Bühler ser o melhor português com o 12º tempo.

andardemoto.pt @ 14-1-2021 12:35:42

Naquele que foi o penúltimo e mais longo dia de prova, com os pilotos a terem de cumprir 464 km contra o relógio, o Rali Dakar voltou a surpreender e desta vez com implicações na classificação Geral das motos.

Com início em Al-Ula e fim em Yanbu, a distância prevista para a especial da 11ª Etapa do Dakar 2021 foi encurtada em 50 km devido às más condições climatéricas que se fazem sentir em determinados pontos do percurso delineado pela ASO.

Se na etapa anterior tudo estava em aberto na definição dos três lugares do pódio, mas com clara vantagem para os homens da Monster Energy Honda, estando Kevin Benavides na liderança e Ricky Brabec a menos de um minuto de diferença, só mesmo uma grande prestação final de Sam Sunderland poderia dar à Red Bull KTM Factory esperança em recuperar o título nesta que é a maior e mais dura prova de todo o terreno do mundo.


E foi isso mesmo que o piloto britânico fez!

Com mais de 10m30s de atraso para Benavides, Sunderland sabia que hoje era o tudo ou nada. À passagem dos 215 km da especial, o piloto da KTM assumiu a liderança da tabela de tempos da 11ª Etapa e a partir daí construiu a sua primeira vitória no Dakar 2021. Terminou com uma vantagem de 2m40s para Pablo Quintanilla (Rockstar Energy Husqvarna Factory), sendo que Kevin Benavides foi terceiro tendo perdido 6m24s para Sam Sunderland.

Com Ricky Brabec ainda mais atrasado, isto significa que Sam Sunderland ascendeu agora à 2ª posição na classificação Geral das motos do Rali Dakar. O piloto da KTM, que procura a sua segunda vitória na competição, reduziu drasticamente a diferença para Kevin Benavides, que continua líder, mas agora apenas com 4m12s de vantagem para Sunderland.

Brabec, o ainda campeão do Rali Dakar, desceu para terceiro na Geral e está a 7m13s do seu companheiro de equipa e líder da prova.


Sam Sunderland, com a prestação fantástica nesta 11ª Etapa, volta a reacender a esperança da KTM em vencer mais uma vez o Rali Dakar. A Honda tem no entanto a vantagem, curta, mas ainda assim uma vantagem, que lhe permitirá gerir os acontecimentos na 12ª Etapa que levará os pilotos até Jeddah ao encontro do palanque final.

Quem não estará nesse palanque final em Jeddah será Joan Barreda. Um dos mais experientes e velozes pilotos do Rali Dakar sofreu hoje mais um rude golpe nas suas aspirações. O piloto da Monster Energy Honda falhou um ponto de reabastecimento, e ficou sem gasolina a meio da especial. Pediu transporte para o bivouac e abandonou.



Quanto aos portugueses, desta feita o mais rápido acabou por ser Sebastian Bühler (Hero Motorsports). O piloto da marca indiana esteve bem nesta 11ª Etapa ao terminar na 12ª posição a perder 23m49s para Sam Sunderland.

Já Rui Gonçalves (Sherco Factory) recuperou dos desaires e contratempos dos últimos dias e mostrou hoje que a sua estreia no Rali Dakar vai terminar da melhor forma possível. O piloto de Vidago chegou a Yanbu na 14ª posição a 27m06s, batendo inclusivamente o terceiro piloto luso ainda em prova, Joaquim Rodrigues (Hero Motorsports).

Aquele que tem sido o melhor português de forma constante ao longo do Rali Dakar esteve hoje arredado das posições que habitualmente obtém. Joaquim Rodrigues e a sua Hero fecharam o dia na 24ª posição a 57m30s do vencedor Sam Sunderland.

Leia também – Resultados do Prólogo do Rali Dakar

Leia também – Resultados da 1ª Etapa do Rali Dakar

Leia também – Resultados da 2ª Etapa do Rali Dakar

Leia também – Resultados da 3ª Etapa do Rali Dakar

Leia também – Resultados da 4ª Etapa do Rali Dakar

Leia também – Resultados da 5ª Etapa do Rali Dakar

Leia também – Resultados da 6ª Etapa do Rali Dakar

Leia também – Resultados da 7ª Etapa do Rali Dakar

Leia também – Resultados da 8ª Etapa do Rali Dakar

Leia também – Resultados da 9ª Etapa do Rali Dakar

Leia também – Resultados da 10ª Etapa do Rali Dakar

Classificação da 11ª Etapa do Rali Dakar


1 – Sam Sunderland (KTM)
2 – Pablo Quintanilla (Husqvarna) +2m40s
3 – Kevin Benavides (Honda) +6m24s
12 – Sebastian Bühler (Hero) +23m49s
14 – Rui Gonçalves (Sherco) +27m06s
24 – Joaquim Rodrigues (Hero) +57m30s

Classificação Geral após 11ª Etapa do Rali Dakar


1 – Kevin Benavides
2 – Sam Sunderland +4m12s
3 – Ricky Brabec +7m13s
12 – Joaquim Rodrigues +2h38m58s
15 – Sebastian Bühler +3h48m33s
20 – Rui Gonçalves +6h21m35s


Antevisão da 12ª Etapa do Rali Dakar


15 de janeiro
Distância total: 452 km / Distância Especial: 225 km
Início: Yanbu / Fim: Jeddah
A última etapa do Dakar não é necessáriamente a mais fácil. Os pilotos vão ter de lidar com cadeias de dunas, onde ficar atascados pode ser a diferença entre um final de glória ou um fim inglório. Contudo, a palavra de ordem será “celebração”. A linha de meta estará nas margens do Mar Vermelho, o que trará algumas recordações do Lago Rosa.

Galeria de fotos da 11ª Etapa do Rali Dakar

andardemoto.pt @ 14-1-2021 12:35:42


Clique aqui para ver mais sobre: Rali Dakar 2021