Susana Esteves

Susana Esteves

Jornalista e motociclista

OPINIÃO

Os estafetas das empresas de entregas são ninjas?

Há uma nova classe de motociclistas entre nós: os ninjas das duas rodas!

andardemoto.pt @ 27-12-2021 22:37:00 - Susana Esteves

Estes novos espécimes, também conhecidos como estafetas das Uber Eats da vida, têm capacidades sobre-humanas na estrada - e eu ando impressionadíssima.

À imagem dos maiores ninjas da história do cinema, surgem furtivamente de todo o lado sem darmos conta. No espaço de um segundo eles aparecem e desaparecem - ora estão, ora não estão.

E nem vale a pena apurarmos os sentidos. Como se fossem fantasmas, estes ninjas do asfalto surgem pela esquerda, pela direita - e quase que posso jurar que o outro dia um deles deve ter voado por cima de mim porque não havia espaço em mais lado nenhum. Ou isso, ou eu demorei tempo demais a pestanejar, porque ele apareceu à minha frente e eu ainda hoje não consigo perceber como.

Será que são ninjas com o poder de controlar o tempo?

Quem não anda muito satisfeito com isto são os automobilistas que de vez em quando apanham uns sustos e já culpam todo o universo de motociclistas - esse cancro da estrada.

Por exemplo, hoje fiquei a saber que sou uma praga. De todo o rol de nomes menos fofos que já ouvi na minha vida, “Praga” era um cromo que ainda não tinha. Mas pelos vistos sou uma praga grande, a julgar pelas vezes que o senhor repetiu o elogio. Hoje estacionei a mota num espaço de estacionamento normal. Como havia muitos lugares livres nem olhei para o passeio. O senhor (meu fã) ficou zangadíssimo porque o espaço ficava em frente à porta e ele teve de estacionar mais abaixo (5 metros).

 - “É sempre assim, o estacionamento é todo deles, tudo deles. Esta praga das motas. Estão por todo o lado. Queremos estacionar e não podemos porque ocupam tudo. São às centenas, os das mochilas, ocupam tudo.” Sorri e acenei, que a minha mãe sempre me disse que devemos ser simpáticos para os malucos.

Os ninjas estafetas estão a dar mau nome aos motociclistas? A nossa reputação pode ainda ficar pior? Claro que sim! Não subvalorizemos as capacidades do ser humano.

É verdade que alguns dos ninjas abusam da sorte e arriscam manobras que colocam em risco toda a gente – motociclistas, automobilistas e até peões, mas posso enumerar milhares de condutores de automóveis que fazem bem pior.

É que os estafetas estão a trabalhar, têm de cumprir prazos de entregas e garantir que a comida chega quente. Qual é a desculpa dos automobilistas?

É claro que nada disto serve de desculpa para colocar a segurança de ninguém em risco, mas são eles que têm de lidar com os clientes mal dispostos quando demoram um pouco mais, ou a comida chega fria. Quanto mais rápidos forem, mais serviços podem conseguir.

Este não é um texto de ódio para ninguém: tenho o maior respeito por quem trabalha e ganha dinheiro honestamente. Alguns abusam? Sim. Devemos levar todos “por tabela”? Não.

Muitas vezes devíamos pensar o que faríamos no lugar deles. Quantas vezes por dia tenho de me desviar dos carros porque os condutores estão a mexer no telemóvel e andam aos Ss na estrada?

Para mim, esses são a verdadeira praga!

30-04-2021

andardemoto.pt @ 27-12-2021 22:37:00 - Susana Esteves

Outros artigos de Susana Esteves:

Com curvas ou sem curvas

Partida. Largada. Tudo a tirar o pó dos punhos!

Mitos, ditos e mexericos

Quatro patas em duas rodas

Equipamentos que não precisamos, mas que depois não podemos viver sem eles

Quer uma moto? Tire senha e aguarde a vez

Quem arrisca… às vezes petisca o que não quer

Mulheres motociclistas nas compras? Não há opções, não há vícios.

Amor sem idade

Automáticas: sim ou não?

Vendo, não vendo. Vendo, não vendo

Podia ter sido o dia perfeito… não fosse o raio da porca

Próxima paragem: (A definir)

Arrisco a multa ou arrisco o encosto?

A paixão pelas motos passa com a idade?

Motoclubes: esses antros de má vida

Cuidado!! Motociclos aumentam risco de sociabilidade

Quem corre por gosto…

Problemas na mota? Eis o manual de sobrevivência!

O vírus do motociclista virgem

Oitos: o bicho mau das aulas de condução

Proibição de andar de mota: como sobreviver à ressaca

A minha primeira vez

A melodia de um belo ronco

Filho de peixe não sabe nadar porque eu não quero!

Foge que é pendura!

Mota roubada, trancas à solta

Viagens longas de 125: há rabo que aguente?

Andar de mota: o lado menos sexy da coisa

Motociclista: esse bicho raro

Sexo, motores e pecado

Afinal somos grandes (mas só na altura de pagar)

Inverno em 2 rodas

As regras são para…

Inteligência ou mariquice?

Férias em duas rodas - Não negue à partida uma experiência que desconhece

Férias em duas rodas - Não negue à partida uma experiência que desconhece

Falta-nos um “bocadinho assim”…

Segurança ou liberdade?

Motoshow 2017: É pró menino e prá menina

O tamanho importa?


Clique aqui para ver mais sobre: Opiniões