Susana Esteves

Susana Esteves

Jornalista e motociclista

OPINIÃO

Com curvas ou sem curvas

Há umas semanas vi um documentário sobre a famosa Route 66. Acho que estes tempos de confinamento estão a deixar-me melancólica, e como não posso rodar punho na rua, suspiro a olhar para a TV e faço planos de viagem futuros (é triste).

andardemoto.pt @ 22-12-2021 16:39:38 - Susana Esteves

A 66 é uma das mais famosas do mundo, muito em parte devido à indústria cinematográfica americana, mas também porque está muito ligada ao sonho de qualquer motociclista – quase 4 mil quilómetros de estrada num cenário (literalmente) de filme.

Problema?

Retas. Quilómetros e quilómetros de retas. Ora para quem não gosta de fazer a viagem Lisboa- Algarve, como eu, porque quase adormecemos nas retas intermináveis, qual a piada desta estrada?

Quem prefere o asfalto de Sintra, da Ericeira, da Serra da Estrela, da Arrábida e tantos outros semelhantes como se sente na Route 66? Faz uns Ss de vez em quando para acordar os músculos e meter umas mudanças?

A minha viagem de sonho é percorrer a Europa, principalmente o Norte. Ir à 66? Talvez, como experiência.

O documentário vendia exatamente isso: a experiência. As imagens eram bonitas, mas faltavam as curvas. As motas ficavam fantásticas nos cenários, mas faltavam as curvas. O que sobrava então? A experiência de fazer uma viagem que atravessa 200 cidades e 9 estados norte-americanos.

Ou seja, nesta viagem as paragens são mais interessantes do que o próprio trajeto.

Sou uma mulher de curvas. Para mim parte do prazer da condução é seguir estradas sinuosas. Troco as autoestradas de Portugal pelas velhas nacionais sem quaisquer problemas. Gasto mais gasolina, ando mais devagar, a probabilidade de receber uma multa em casa é enorme, mas a experiência vale tudo isto. E sim, as paragens também são fantásticas. Mas nós temos um país lindo.

Se calhar “o sonho” da 66 é mesmo a experiência. Ou então, a 66 não é um sonho para todos. É claro que se tivesse oportunidade ia, mais não seja para escrever sobre toda a experiência. Dizem que não devemos negar sem experimentar, certo?

E vocês: com curvas ou sem? Se já percorreram a Route 66 de mota partilhem a experiência. Enquanto o “bicho” não deixa, vou sonhando.

Boas curvas

30-12-2020

andardemoto.pt @ 22-12-2021 16:39:38 - Susana Esteves

Outros artigos de Susana Esteves:

Partida. Largada. Tudo a tirar o pó dos punhos!

Mitos, ditos e mexericos

Quatro patas em duas rodas

Equipamentos que não precisamos, mas que depois não podemos viver sem eles

Quer uma moto? Tire senha e aguarde a vez

Quem arrisca… às vezes petisca o que não quer

Mulheres motociclistas nas compras? Não há opções, não há vícios.

Amor sem idade

Automáticas: sim ou não?

Vendo, não vendo. Vendo, não vendo

Podia ter sido o dia perfeito… não fosse o raio da porca

Próxima paragem: (A definir)

Arrisco a multa ou arrisco o encosto?

A paixão pelas motos passa com a idade?

Motoclubes: esses antros de má vida

Cuidado!! Motociclos aumentam risco de sociabilidade

Quem corre por gosto…

Problemas na mota? Eis o manual de sobrevivência!

O vírus do motociclista virgem

Oitos: o bicho mau das aulas de condução

Proibição de andar de mota: como sobreviver à ressaca

A minha primeira vez

A melodia de um belo ronco

Filho de peixe não sabe nadar porque eu não quero!

Foge que é pendura!

Mota roubada, trancas à solta

Viagens longas de 125: há rabo que aguente?

Andar de mota: o lado menos sexy da coisa

Motociclista: esse bicho raro

Sexo, motores e pecado

Afinal somos grandes (mas só na altura de pagar)

Inverno em 2 rodas

As regras são para…

Inteligência ou mariquice?

Férias em duas rodas - Não negue à partida uma experiência que desconhece

Férias em duas rodas - Não negue à partida uma experiência que desconhece

Falta-nos um “bocadinho assim”…

Segurança ou liberdade?

Motoshow 2017: É pró menino e prá menina

O tamanho importa?


Clique aqui para ver mais sobre: Opiniões