Pedro Pereira

Pedro Pereira

Só ando de moto em 2 locais: na estrada e fora dela!

OPINIÃO

Na Gala dos Campeões 2019 da FMP

À semelhança dos anos anteriores, a noite de consagração das estrelas do motociclismo nacional em 2019, nas suas diferentes modalidades, decorreu no Casino do Estoril, Salão Preto e Prata, desta vez no passado Sábado, dia 21 de dezembro, ou seja, a menos de uma semana antes do Natal.

andardemoto.pt @ 30-12-2019 17:31:09 - Pedro Pereira

Pode dizer-se, tal como salientou o Presidente da FMP, Manuel Marinheiro, que esta foi uma edição muito especial até porque, como ele próprio salientou, tivemos duas galas no mesmo ano! 

Na prática, a edição relativa a 2018 teve lugar a 27 de fevereiro de 2019 e é de má memória para o seu Presidente que, à data, se encontrava hospitalizado. Esta antecipação, para realizar a festa no ano a que diz respeito, parece uma ótima opção.

É sempre uma grande festa que junta pilotos, famílias, amigos, patrocinadores, marcas e presta uma mais que justa homenagem a todas aquelas e aqueles que se destacaram, ajudando a engrandecer ainda mais a prática do motociclismo no nosso país, que continua ainda a ser um desporto de uma minoria, infelizmente.

Nesta edição, aparte um excelente jantar, tivemos momentos mágicos para todos os gostos:


Divertidos, como por exemplo, quando o mundialista Gonçalo Reis (aka Sol Posto), casado de fresco, assumiu que está há 10 anos sem se chatear com a namorada, agora esposa. A ser verdade, qual o segredo?

Bicudos como quando Francisco Pita (Jetmar) teve que levar tantos troféus das duas marcas que já não havia mãos e quase necessitou de ajuda!

De ternura, como quando Diogo Ventura ao subir ao palco, deu dois beijos no Pai, que o viria a homenagear pelo triunfo no trial, modalidade ainda com pouca relevância no nosso país e verdadeira escola para o Enduro, como fez questão de frisar.

De carinho
, como o de Sandro Peixe ao assumir que o seu Pai, César Peixe, continua a ser o seu grande ídolo. Saiu reforçada a máxima: filho de peixe… sabe nadar e também pilotar!

De motivação, como o de Ivo Lopes que deu a novidade que, em 2020, vai fazer também o nacional de superbikes no país vizinho e talvez até algumas provas no mundial!

De superação, como sucede com Roberto Borrego que “apenas” ganhou 8 vezes a Baja Portalegre em quads, 5 delas consecutivas! Quem manda no Alentejo nos quads? Um Alentejano, pois claro! Ah! E o campeonato europeu de bajas em quads também não lhe escapou!

De simplicidade, como ocorreu com Kiko Maria que, por detrás daquele ar de menino, quase envergonhado, tem a tenacidade dos campeões e já o mostrou além-fronteiras.

De compromisso, com a responsabilidade atribuída a Pedro Mariano de ajudar a conseguir que, no futuro, a Enduro Open World Cup passe a ser também um verdadeiro campeonato mundial, sempre numa lógica de um orçamento mais baixo (low budget).

De charme e beleza, como quando subiram ao palco as três glórias femininas que tão boa conta deram de si nos Six Days 2019, com o 6º lugar na Categoria, a saber, Joana Gonçalves, Rita Vieira e Bruna Antunes.

De pura homenagem, como sucedeu com Miguel Oliveira, que tinha estado neste mesmo espaço recentemente no evento Level Up, como noticiámos no seu Andar de Moto. Consagração ao homem, à carreira e ao que tem feito pela modalidade no nosso país, nomeadamente nas camadas mais jovens e na comunicação social! Rápida recuperação para o ombro!


Segue-se a listagem dos Campeões Nacionais de 2019:


Enduro:

Infantis: Afonso Rodrigues em Yamaha
Juvenis: Filipe Salgado em KTM
Juniores: Miguel Coelho em KTM
Senhoras: Joana Gonçalves em Husqvarna
Veteranos: Cláudio Belchior em KTM
Open: André Martins em Yamaha
Elite 1: Gonçalo Reis em Gas Gas
Elite 2 e Absoluto: Diogo Ventura em Honda

Super Enduro:

Diogo Vieira em Yamaha

Motocross:

Infantis A: Leonardo Gaio em KTM
Infantis B: Tomás Santos em KTM
Iniciados: Fábio Costa em KTM
MX2 Tempos: Ruben Ferreira em Husqvarna
MX2 Júnior: Luís Outeiro em KTM 
MX2: Diogo Graça em Suzuki
MX1 e Elite: Sandro Peixe em Suzuki

Supercross:


Infantis A: Leonardo Gaio em KTM
Infantis B: Tomás Santos em KTM
Iniciados: Sandro Lobo em KTM
SX1: Sandro Peixe em Suzuki
SX2 e Elite: Diogo Graça Em Suzuki 

Supermoto:

Sérgio Rego em Husqvarna
Equipa Campeã Nacional: Clube Motorizado do Troço/ Ass. Clube Moto Galos Barcelos

Todo Terreno:


Quads: Roberto Borrego em Yamaha
SSV Classe TT2: Tiago Guerreiro em Yamaha
SSV Classe TT2 Navegadores: Pedro Manescas
Equipa Campeã Nacional de Todo Terreno SSV Classe TT2: JB Racing
SSV Absoluto e Classe TT1: Pedro Santinho Mendes em Can-AMSSV
Absoluto e Classe TT1 Navegadores: André Guerreiro

Todo Terreno:

Classe TT3: Salvador Vargas em KTM
Classe TT1: Bernardo Megre em Husqvarna
Classe TT2 e Absoluto: Daniel Jordão em Yamaha
Equipa Campeã Nacional de TT Absoluto e TT2: Franco Sport

Rally Raid:

Maxi Trail: Luís Engeitado em KTM
SSV’s Pilotos: David Rodrigues em Can-AM
SSV’s Navegadores: Cláudia Ramos
Classe Motos: Bruno Santos em Husqvarna

Trial:

OutDoor: Diogo Vieira em Ossa

Velocidade:

Classe Moto4: Gonçalo Ribeiro em Beon
Equipa Campeã Moto 4: Team Clube Loulé Concelho
Pré Moto 3: Kiko Maria em Beon
Equipa Campeã Pré Moto 3: Moto Action TeamSupesport 300:  Pedro Fragoso em Yamaha
Equipa Campeã Supersport 300: Stand os Putos Racing TeamStocksport 600: Dani Trelles em Yamaha
Superbikes: Ivo Lopes em BMW
Equipa Campeã Superbikes: Santogal ENI BMW


Outros textos de Pedro Pereira:

andardemoto.pt @ 30-12-2019 17:31:09 - Pedro Pereira


Clique aqui para ver mais sobre: Opiniões